A segurança em risco: airbags

[Retirado e adaptado da matéria do Auto Esporte]

De janeiro de 2015 até o final de junho deste ano, cerca de 3,7 milhões de veículos foram chamados para recall no Brasil, segundo o Procon-SP. A principal causa de defeitos no período é o airbag, que somou 1.956.045 unidades, ou 53% do total.

O dispositivo de segurança é responsável por salvar muitas vidas, mas uma falha nos modelos feitos pela empresa japonesa Takata provocou o maior recall da história no mundo inteiro, que afeta milhões de unidades, inclusive no Brasil.

api-rating-image_1
Teste de airbag

Até o mês passado, 14 mortes foram associadas a esse defeito, sendo 12 nos EUA e 2 na Malásia. A falha faz com que partes metálicas do equipamento trinquem e sejam arremessadas contra os ocupantes do veículo no momento em que o airbag abre de forma violenta.

E as estatísticas em 2016?

De janeiro a junho deste ano, as montadoras anunciararam 53 campanhas de recall, somando um total de 877.926 veículos, o que representa uma queda de 19% em relação ao ano passado, que superou a marca de 1 milhão de unidades convocadas no primeiro semestre.

Dos 877 mil chamados para o conserto gratuito, 567.307 tinham problemas com airbags, ou cerca de 64% do total. Nem todos os problemas com airbag estão relacionados aos “airbags mortais” da Takata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s